Trabalhar em suporte e manutenção informática »
Imagen Noticia

 

Para o Diego Soares, o mais importante é optar por uma formação que gostamos e nos permita trabalhar numa área que nos desafie. Por isso, trocou a Economia pela Informática e terminou o Curso de Manutenção e Reparação de Desktops e Portáteis. Conheça o percurso formativo do Diego e quais foram as suas motivações para escolher a manutenção informática. 

 

Que conselho quer dar a quem quer fazer um curso na Master D?

 

Eu acho que o conselho é tentar fazer algo com que você se identifique. Faça o que você quer fazer! Não importa o que as pessoas falem. E se você encontrar na Master D, o que é provável que você encontre, porque há diversos cursos desde Veterinária à Pastelaria, eles têm diversas pessoas que te podem instruir, apresentar melhor o curso, dizer o que você vai aprender durante aquele seu percurso.

 

Porque procurou a Master D? Porque escolheu o curso de Manutenção e Reparação de Desktops e Portáteis?

 

No Brasil, eu fazia uma faculdade de Economia. Eu estava fazendo há mais ou menos uns 3 anos. E quando eu vim para Portugal, vai fazer 2 anos, eu decidi que queria tentar alguma coisa diferente, alguma coisa que eu sempre quis fazer, alguma coisa que eu me identificava mais. Aí eu passei aqui, com a minha noiva na época, a gente conversou e eu gostei do curso de Montagem e Manutenção de Computadores e decidi que seria uma boa entrada para conhecer a área. E me identifiquei muito com a área, tanto que agora comecei a faculdade de engenharia informática. Estou gostando, foi uma boa escolha ter feito o curso aqui. O facto das aulas teóricas da Master D serem à distância não me incomodou nem um pouco, eu me senti sempre muito confortável. Eu acho que é muito legal quando você está iniciando no mercado de trabalho é saber o que fazer, é saber como escrever um currículo e a minha preparadora, a Susana, ela fez uma entrevista… uma simulação de uma entrevista comigo, onde eu trouxe o meu currículo. Enfim, foi como se fosse uma entrevista real.

 

Recomenda a Master D? Porquê?

 

Sim, eu recomendaria a Master D. São amigos, são competentes, são versáteis e são bem localizados. Eu acho que se você não mora em Lisboa, você consegue chegar bem. Se não tiver um computador muito bom e tiver um tempo, você pode vir até a Master D estudar; eles têm dezenas de computadores à disposição aqui, sempre tem algum vago. Tem as salas de estudo, que são silenciosas e você pode estudar lá, sem problema quanto a ruído. As salas são bem claras, tem ar condicionado, é um ambiente muito agradável de estudar. Eu quero fazer um estágio na área, pelo menos, eu quero ter alguma experiência na área. Mas quando eu tive contato com programação, depois eu conheci a linguagem Python e avancei isso na faculdade. Eu vi que eu me identifico mais ainda com isso, mas de qualquer maneira eu adoro o que eu fiz, o curso foi sensacional. Eu me identifiquei, é um curso que ele abrange muita coisa. De maneira geral, dá para você ter um conhecimento de tudo o que você precisa saber, tanto de hardware como de software, e é bem interessante nesse sentido.

 

Veja agora o vídeo que o Diego gravou connosco na Master D Lisboa

 

 

 

 

Sobre o Curso de Manutenção e Reparação de Desktops e Portáteis

 

O Curso de Manutenção e Reparação de Desktops e Portáteis com Certificação Microsoft da Master D é realizado na modalidade semi-presencial devido à componente prática obrigatória de 70 horas. Estas sessões presenciais são feitas nos laboratórios destinados ao efeito num dos quatro centros formativos da Master D localizados em Lisboa, Porto, Coimbra e Faro e com todo o apoio dos Preparadores Técnicos. E, no final da formação, os formandos têm oportunidade de obter a Certificação Microsoft Windows Server Administration Fundamentals que lhes poderá abrir muitas portas no mercado de trabalho.

 

Esta formação tem como temas gerais:

  • Arquitetura de Computadores I,II,III;
  • Sistemas Operativos,
  • Manutenção e Segurança;
  • Dispositivos Portáteis e Computadores de Elevado Desempenho;
  • Redes Informáticas.

 

Terminada a formação poderá trabalhar como:

  • Operador de manutenção de equipamentos informáticos (software e hardware);
  • Operador de assistências informáticas (software e hardware);
  • Comercial na área de informática;
  • Operador de gestão de redes informáticas e servidores (Júnior).

 

As funções podem ser desempenhadas nos mais variados tipos de empresa dado que, nos dias de hoje, qualquer organização trabalha com equipamentos informáticos. Assim, precisam de um profissional com este tipo de conhecimentos para prestar todo o apoio às equipas de trabalho.